Jon, Protetor da Tempestade

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Jon, Protetor da Tempestade

Mensagem por Ormund Baratheon em 21.09.17 19:26



Música para acompanhar a leitura do post:

Jon Connington

A paz ainda reinava sobre Ponta Tempestade. Naquela noite, havia me deitado logo após a janta, estava cansado e havia muita coisa para resolver no dia seguinte, a partida de Lorde Ormund deixara As Terras da Tempestade em minhas mãos. Ainda era noite quando meus olhos se abriram. O sono havia ido embora num pico de lucidez. Fora quando despertei. Sentei sobre a beirada de minha cama observando o mar pela janela de meu quarto. O sol ainda não havia raiado.

Esfregando meu rosto com as mãos respirava fundo a fim de tentar manter a calma que havia me deixado por um instante. Minha respiração era profunda. Fora quando ouvi o som da porta de meu quarto se abrir.


- Está acordado a essa hora, m'lorde? - Dizia uma voz feminina extremamente agradável aos meus ouvidos. Já era conhecida por mim.
- Meu sono fora embora com toda essa guerra, senhorita - Respondi, acariciando minha barba. Ainda observava o horizonte visto de minha janela.

- Deixe-me faze-lo relaxar, meu senhor - Murmurava a jovem Lilian, subindo sobre minha cama. Massageava meus ombros, beijando meu pescoço lentamente. Ela era um jovem serva de Poleiro do Grifo, não sabia muito de sua vida; o que me chamava atenção era sua fisionomia. Seus cabelos longos e loiros; seus olhos azuis; seios medianos e rosados; e uma cintura fina que contornando seu corpo até chegar a nádegas e pernas carnudas. Era a camponesa mais bela que já havia visto.

Deixava meu corpo se envolver em suas carícias enquanto gradativamente começava a relaxar. Subitamente, me virava segurando seus braços contra a cama, eu a pressionava contra meu corpo.  Eu estava sem camisa, utilizando apenas uma calça de pano. Enquanto ela usava um vestido de cetim azul, tão fino que podia ver o bico de seus seios.

Lentamente aproximava minha boca da sua, podendo sentir sua respiração ofegante. Fitava seu rosto do queixo até os olhos, beijando-a lentamente logo em seguida. Minhas mãos percorriam seus braços até chegar as suas costas pressionando seus seios contra meu peito, enquanto beijava seu pescoço macio. Ela sorria, apertando meus braços de maneira firme. Descia minha mão por seu corpo, agarrando fortemente suas nádegas fazendo-a suspirar em meus ouvidos. Joguei meu corpo para o lado, puxando-a para cima de mim. De pernas abertas ela sentava sobre meu colo tocando meu peito vagarosamente escorria suas mãos até chegar em meu membro já rígido. Agarrou-o suavemente colocando-o para fora enquanto lentamente descia seu corpo até que seu rosto ficassem bem próximo do mesmo. Movimentando sua mão pra cima e pra baixo ela incitava meu corpo, quando finalmente o colocou dentro de sua boca.

Sabia muito bem oque fazer. Indo da cabeça até a base de meu membro, descia rapidamente enquanto a subida era lenta. Ela realmente sabia como me fazer relaxar. Com meu membro ainda rígido e lubrificado por sua saliva, a jovem subiu sobre mim novamente colocando-o para dentro de sua vagina. O som de sua voz de menina gemer aos meus ouvidos fizera meus pelos arrepiarem. Vagarosamente a mesma começou a cavalgar sobre meu colo. Suas mãos repousavam sobre meu peito arranhando-o com suas unhas a cada penetração.

Durante o ato, seu corpo começara a suar e vagarosamente a mesma ia perdendo o fôlego. Fora quando agarrei sua bunda afastando sua nádegas fazia o movimento de penetração rapidamente. A excitação da jovem era eminente, ja não conseguia parar de gemer enquanto suas unhas agarravam firme meu peito. Estava próximo de meu êxtase quando a mesma deixou seu corpo cair sobre o meu. Ela estava exausta.

Agarrou novamente meu membro, ainda rígido. Tirando-o de dentro de si.
- Ainda não acabou, m'lorde! -  Disse ela colocando-o na boca mais uma vez. Sugando com pressão, a mesma tocava a base de meu membro com as mãos excitando-o para cima e para baixo. Fora quando ejaculei dentro de sua boca. Estava exausto. A jovem deitou-se ao meu lado, acariciando minha barba. Gradativamente o sono ia consumindo meu corpo. Até que finalmente dormi.
HP: 650
Stamina: 600

_________________


Spoiler:
avatar
Ormund Baratheon
Lorde Baratheon
Lorde Baratheon

Casa : Baratheon
Local de Nascimento : Ponta Tempestade
Masculino

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum