Julgamento Por Combate

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Julgamento Por Combate

Mensagem por R'hllor em 24.09.17 14:00


Local:
Spoiler:

Clima: Ensolarado
Horário do Julgamento: 16:00
Regras para: Só poderão os Lordes estarem acompanhados de dois cavaleiros de sua confiança.

Informações Prévias:
- As características do dia não podem ser mudadas, como clima e horário.
- Existem um total de 20 soldados Targaryen em volta, para a proteção da Família Real e Lordes.
- Valerion se encontra no "Tenda" do lado esquerdo; Maegelle se encontra no "Tenda" do lado direto.
- A Rainha Vaella se encontra no "Cabine" central junto a plateia, ao lado dela há cadeiras pré-destinada para os Lordes (apenas os Lordes) e sua Guarda Real.
- Todas as regras de post serão aplicadas nesse tópico, como ordem de postagem e regras de batalha/narração. Porém, haverá apenas a apresentação dos Personagens Ativos, e eles só estarão permitidos a postar novamente ao término do Combate.
- Os jogadores que querem estar presentes devem postar até as 17h00 do dia 26/09/2017. Após isso, o combate se inicia e será barrado novos jogadores no tópico.

Obs.: Todos estão liberados para se apresentar, após todas apresentações o NPC e os Campeões começaram seus movimentos.
avatar
R'hllor
Deus Vermelho
Deus Vermelho

Masculino

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Julgamento Por Combate

Mensagem por Noah Arryn em 25.09.17 20:24

Ao ver os raios de sol que batiam no rosto adormecido de Noah que entravam pela janela de um pequeno quarto , ele acordava ainda aliviado por ninguém ter cortado seu pescoço , ainda . Sentou-se na cama totalmente sem roupas .

-Onde estão minhas roupas ? ...- O mesmo levantou-se da cama chutando algumas garrafas de vinho pelo chão . - Ah ta...lembrei...O JULGAMENTO !

Noah rapidamente pegou suas roupas formais do chão e as vestiu , uma calça de couro branco e roupas de cor azul , ele penteou seus cabelos com as mãos colocando-os para trás e suspirou . Voltou a se sentar na cama para por seus sapatos enquanto ouvia passos firmes subindo a escadaria até seu cômodo , os degraus de madeira rangiam a cada passo , no fundo queria que fosse uma linda moça naquele momento , o um belo homem , tanto fazia para Lorde Arryn , mas infelizmente era seu cavaleiro designado para protege-lo , Sor Meibar .

-Está pronto meu Lorde ? -Dizia Meibar dando um suave riso irônico .

Após uma caminhada pela cidade acompanhado de Sor Meibar , Noah chegou no local que seria realizado o julgamento por combate , olhou em volta se não enxergava Nymera ou Lionel , falhou em acha-los . Voltou a caminhar em direção ao seu acento no Cabine perto da rainha Vaella , Sor Meibar ficou junto da platéia enquanto Noah fazia uma breve referencia a rainha .

-Boa tarde Majestade . - Não sabia se ela estava tento uma boa tarde , mas tentou ser formal , se sentou um pouco longe de Vaella , afinal estava ali para assistir o julgamento , olhando de direita a esquerda do campo , observando os rostos dos "dragões " Maegelle e Valerion. Esse julgamento sera interessante .

ST: 500/500
HP: 550/550
avatar
Noah Arryn
Lorde Arryn
Lorde Arryn

Casa : Arryn
Local de Nascimento : Vale de Arryn
Masculino

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem

Re: Julgamento Por Combate

Mensagem por Devon Tyrell em 26.09.17 12:55

Saio do quarto que havia alugado quando o horário de partir para ver o julgamento chega. Estava conversando com Allistair sobre nossa situação e sobre a inesperada oferta do dornês que me visitara na noite anterior.

Ao descer as escadas e chegar na parte principal da taverna, vejo que ela já estava em ordem, mas a jovem que havia sido muito simpática estava com uma expressão cansada após ter de servir tantos homens, alguns mais bêbados que outros, e arrumar a bagunça que haviam feito. Vou até ela e lhe entrego um saquinho de moedas a mais pelo trabalho extra. A jovem agradece timidamente e volta a trabalhar quando me retiro. Do lado de fora, meus soldados já estavam prontos. Impressionante. Depois de tudo aquilo, eles ainda estão prontos para seu serviço. Talvez de fato tenham merecido o descanso da noite passada.

- Homens, estejam a postos. Assim que o julgamento e as cerimônias acabarem, partiremos para a Campina novamente. Não há motivo para permanecermos nesse local depois disso.

Vou até o local do julgamento com Allistair e Lumen, deixando meus homens se prepararem para a partida. Ao chegar no local, faço uma reverência para a Rainha, cumprimentando-a cordialmente. Também cumprimento Lorde Arryn e Lady Blackwood ao vê-los ali. Feito isso, me dirijo a um lugar que estivesse situado aproximadamente no meio, para que eu conseguisse assistir bem a todo o julgamento. Agora é com eles. Com os lutadores e os Sete.

HP: 550/550
ST: 500/500
avatar
Devon Tyrell

Casa : Tyrell
Local de Nascimento : Jardim de Cima
Masculino

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Julgamento Por Combate

Mensagem por Nymera Martell em 26.09.17 15:53

Acordou com as vozes de seus homens, vozes trovejavam em línguas pra ela conhecidas, havia dormido mal, teve um pesadelo, acordara no meio da noite, suando frio, coberta por sua coberta de pano, Sarcha estava no chão deitada no pequeno colchão que guardava abaixo da cama, a menina desde que se uniu a Nymera jurou que a protegeria não importa se desse sua vida, isso já faz 2 anos.

- Senhora Nym? A senhorita está bem? - falou no alto valíriano, havia acordado pouco depois que você.

- Sim Sarch, foi só um pesadelo, volte a dormir, farei o mesmo - passava as mãos pelos cabelos equanto respirando fundo para acalmar seus batimentos cardíacos.

- Minha misha dizia que pesadelos são avisos dos deuses, não devemos ignora-los senhora, e sim descifra-los, tente ver o que os seus deuses estão querendo lhe avisar - mesmo escuro podia ver que a jovem estava apoiada em sua cama - Se a senhora quiser eu posso ajudá-la a descansar de novo.

- Não é necessário Sarch, eu disse isso há muito tempo, você não é minha escrava de cama, e sim minha protegida, agora volte a dormir - deu um peteleco fraco na ponta do nariz dela, a garota apenas assentiu e se deitou, e Nymera fez o mesmo.

Quando saiu da cama de manhã viu que estava sozinha, Sarcha devia ter ido convocar os homens, deve ter levado Smir com ela, já que não conhece o Idiota Comum, se levantou e foi em direção ao seu pequeno baú que estava aos pés da cama, continha algumas roupas, não queria ir com nada pesado ou muito fechado pra não impedir seus movimentos caso sejam necessários, pensou em levar Dançarina pro caso de alguma coisa sair muito errada, resolveu que calçaria suas famosas calças de montaria de linho, grandes e bem folgadas, não iriam travar seus movimentos, e por cima usaria seu top de montaria de couro, ele ia até o meio da barriga e deixava seus seios firmes, e pegou um gibão laranja com sois amarelos, vestiu tudo e calçou botas que que iam até os joelhos, pegou um cinto fino e o usou para fechar o gibão.

Ao sair para deck do navio viu seus homens, tantos os do navio quanto os soldados que trouxe de Dorne, Aarthor estava conversando com um dos soldados quando a viu.

- Bom dia ratinha - a olhou enquanto ajeitava a pontas das mangas - Dayne reclamou de sua famosa dor de cabeça, mas disse que a encontraria no Julgamento.


- Deve ter bebido vinho dá Árvore, ele sempre disse que o vinho o fazia passar mal de tão doce que é - andava pela proa descendo no deck do porto, quando olhou para o lado deu por falto do navio dos Greyjoy, Será que ele se acovardou e foi embora?... Não, não é costume dos Homens de Ferro fazerem isso, não segundo as histórias, pensou enquanto se dirigia ao local do Julgamento, rezando aos deuses para que tudo ocorra bem, e que se não ocorrer pra que pelo menos consiga chegar em Dorne viva, pensava em suas mãe essas horas, se fixou na imagem dela, em várias imagens, elas seriam seu motivo pra voltar pra casa não importa o que os deuses decidam sobre os herdeiros Targaryens.

Ao chegar lá pode sentir os olhares sobre si, olhares curiosos, alguns olhares carnais, mas também olhares de desprezo, sabia que não era bem vinda lá, quando vê a Rainha Regente lhe fez um pequeno aceno com a cabeça e sentou uma cadeira antes, ficaria um tanto afastada, pouco tempo depois Mordred se juntou a Aarthor atrás de si, se abaixou e lhe contou sobre o que havia ocorrido com o Lorde Tyrell na noite passada, já esperava isso, se limitou a respirar fundo e lhe dar o olhar de `` Eu avisei´´.

Passou-se um tempo e Lady Stark chegou ao recinto, estava acompanhada por dois homens, tinham o emblema do lobo nas armaduras, se sentou no seu lado, estava deslumbrante, uma verdadeira beleza do inverno.

- Devo dizer que é uma honra estar do seu lado milady - disse depois de algum tempo - Espero que o sol sorria para todos nós hoje - seus olhos cinzas me olham, o sorriso de seus lábios não estavam neles - Mas caso a Princesa Maegelle perca eu sugiro que a senhora e seus homens saiam de Porte Real no mesmo dia e se me atrevo na hora que Valerion estiver comemorando - falou em seu ouvido quando se aproximou - Não somos muito bem vistas pelos outros Lordes me atrevo a dizer, eu mais do que a senhora, mas essa não é a questão, se precisar de alguma ajuda me alegraria em leva-lá em meu Lançassolar, mas nãos e preocupe, ninguém a tocará sem seu consentimento, nós dorneses não somos tão maus quanto dizem que somos, somos mais irônicos - havia se afastado e sorria amigavelmente, mantinha o tom baixo para só ela ouvir, realmente queria ajuda-la, sabia um pouco de como os homens viam as mulheres, e em Westeros a visão não era diferente, as vezes chegava a ser pior.
avatar
Nymera Martell
Principe Martell
Principe Martell

Casa : Martell
Local de Nascimento : Lançassolar
Feminino

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Julgamento Por Combate

Mensagem por Grover Tully em 26.09.17 16:43

Grover havia acordado cansado, tomado pelos pesadelos de outrora, os quais decidiram voltar a assombrá-lo na noite passada. Pegou-se perguntando o motivo de tudo isso... Talvez fosse o fato de que não considerava julgamentos por combate como justos. Se sua esposa estivesse ali, tão devota aos Sete, e ele contasse isso à ela, com certeza a mesma o repreenderia.

Vestiu a sua armadura, não só como sinal de respeito, mas também como forma de proteção. Afinal, estava em Porto Real e não podia brincar quanto aos perigos dali. Se um rei havia sido assassinado, por que um simples Lorde estaria à salvo? Pegou a sua espada e, após estar pronto, saiu ao encontro da filha.

Holly estava usando um vestido de cor púrpura, que realçasse ainda mais os seus olhos da mesma cor. Ao vê-lo, ela sorriu - Bom dia, pai. Ansioso para a batalha? - Ela perguntou, animada.

Ele limitou-se a tentar retribuir o sorriso e, com calma, respondeu - Julgamentos por combate nunca me deixam animado...

Ela compreendeu o que ele quis dizer e, conforme ele passou a caminhar, a garota o seguiu pacientemente - Ainda não conversamos sobre tudo...

Ele suspirou, já encontrando Rudolph, o qual passou a seguí-los também, e respondeu à ela - Em outra oportunidade, nós conversaremos. Agora não temos tempo...

Após alguns minutos, os três chegavam ao local do julgamento e cumprimentavam a todos, sentando próximos à família Blackwood. Esperava que tudo ocorresse de forma justa.

HP: 550/550
ST: 500/500
avatar
Grover Tully

Casa : Tully
Local de Nascimento : Correrrio
Masculino

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Julgamento Por Combate

Mensagem por Elyon Stark em 26.09.17 16:58

#~ O sol mal nasceu quando despertei de meu leve sono. Consegui dormir poucas horas, eu não me sentia nem um pouco a vontade. O repouso se deu numa estalagem simples, de cunho barato.
Não vou mentir em dizer que não estou ansiosa... Não desci para tomar meu desjejum, apenas apareci para a refeição da tarde por necessidade, logo voltando para o quarto. Ali ninguém me conhecia. fui cuidadosa em deixar meus soldados em uma taverna ao lado, de prontidão. minhas vestes gastas compradas de uma camponesa criava um belo disfarce para mim, que despercebida ia e vinha sem algum problema, fora a ousadia e petulancia de alguns soldados opostos com comentarios obscenos, até mesmo um tapa no traseiro que levei de um miserável nojento. como poderia reagir?
Suspirei fundo e segui, antes de olha-lo fundo nos olhos.
o Horário estava próximo, e eu, a muito pronta para a grande decisão.
Minha ultima descida de meu aposento causou olhares de espanto e surpresa de todos, que olhavam embasbacados cada passo dado na escada. As negras vestes aveludadas, o lobo Stark em pura prata sintilava no fino bordado que o fixava em meu ombro, famigerado adorno em minha testa trazia uma nobreza singular... a nobreza de uma Lady Nortenha.
Todos se curvaram em sinal de respeito, até mesmo o homem que encostou as mãos em mim. Meus guardas já estavam no local de prontidão. Caminhei altiva até aquele que diante de mim se curvava sem nem ao menos lembrar de tempos mais cedo.

- Lady Stark, é uma honra conhe...
-Olhe para mim.
Olhei profundamente em seus olhos, e vi, pela primeira vez a cor de um homem sumir de sua face.
- E-e-eu não...
-Três lobos de prata para quem saudar a mão desse embuste. Minha voz foi a última antes de abandonar o local, ouvindo o puxar de espadas seguido de gritos. Sorri andando em frente.

Logo escoltada cheguei ao local do julgamento escoltada pelos meus melhores guardas, Os gêmeos Black, criados e treinados para a proteção Stark.
O lugar tinha uma bela vista para um acontecimento tão sanguinário.
Corri meus olhos para a arquibancada a procura de uma pessoa em especial. caminhei ao encontra-la sentada nas grandes cadeiras destinadas para Lordes.
- Lady martell... novamente uma honra poder encontra-la. Ouvi atentamente suas indicações e preocupação em torno do julgamento, e assim o faria. sairei assim que o julgamento terminar.

Ali, ao lado de quem escolhi assistir aquilo que seria o futuro de Westeros, tudo aparentava ser tão simples... puro engano se alguém estava a se divertir diante de tal situação. O momento da grande decisão realmente chegou.

HP: 600/600
ST: 550/550
avatar
Elyon Stark
Lorde Stark
Lorde Stark

Casa : Stark
Local de Nascimento : Winterfell
Feminino

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Julgamento Por Combate

Mensagem por Lyman Lannister em 26.09.17 18:44

Trilha sonora da cena:
Lionel


Apesar do sono chegar rápido Lionel havia dormido terrivelmente mal na última noite, se dormiu algumas horas foi muito, sempre que pregava os olhos via Lanna, que carregava Lionelle em seu braço esquerdo e Lynos em seu braço direito e, ao seu lado, estava William Lionel, não ouse nos abandonar, não agora A voz da esposa ressoava em sua mente, Lionel então virava-se, em seu pesadelo, e lá estava seu Pai com sua mãe, ou pelo menos o que lembrava dela, Lionel andava em direção a seu pai e sua mãe Lionel, não, eu o proíbo de ir, pense em Lanna, pense em seus filhos, pense em mim William gritava ao fundo, mas Lionel o ignorava involuntariamente, tentava parar, mas quando o fazia apenas andava mais rápido, seus pais já estavam de braços abertos esperando-o, era quando Lionel acordava suando

Lionel estava de pé em frente a janela, observava o movimento que havia lá fora, com uma taça de vinho na mão esquerda, Lionel vestia apenas seu traje noturno, branco Não posso morrer, não agora que tenho tanto a fazer e viver com meus filhos

Sor Melion bate na porta -Entre Lionel exclama sem olhar para a porta, o Soldado entra -Mandou chamar-me senhor Lionel havia pagado um menino para que chamasse Melion

Lionel vira-se para Melion -Quero que ajude-me a vestir minha armadura Ele aponta para sua armadura que já havia sido preparada por ele mesmo, ao lado da armadura estavam Garra de Leão e Força de Leão, sua espada e seu escudo respectivamente

Melion não entende muito bem o porque disso, mas a ajuda seu Lorde, após terminar Sor Melion abre a porta para que Lionel saia primeiro do quarto, ele sai logo atras fechando a porta, Lionel está com a espada na bainha e com seu antebraço direito encaixado na braçadeira do escudo -M'lorde, se me permite a pergunta, por que está preparado para lutar, não me diga que o Senhor irá...

Lionel interrompe Melion -Isto mesmo, irei lutar por Maegelle. Lionel dá passos rápidos e e Sor Melion tenta acompanhar

O soldado se assusta -Como assim, M'lorde, mande-me em seu lugar, o Senhor não pode, isto é loucura, pense em Lady Lanna, em seus filhos, pense em Lorde William, o que irá acontecer caso o Senh...

-Está decidido! Lionel dá um grito interrompendo o soldado, para de andar e volta seu olhar para Sor Melion, respira fundo e acalma-se novamente -Eu irei lutar por Maegelle Sor Melion espanta-se com o rugido de Lionel, abaixa a cabeça consentindo com seu Senhor, pois, sabia que não conseguiria convencê-lo do contrário

Ambos saem da Fortaleza Vermelha e lá estão, os cinquenta bons homens que tinha trazido consigo assim que o vêem colocam-se em posição de sentido, Lionel então respira fundo -Soldados, hoje é o grande dia, dia da decisão final, eu lutarei por Maegelle, sendo assim, posso não voltar com vocês, pelo menos não com vida, mas quero que, juntamente com William, Sor Melion e o resto do Exercito Lannister, levem nossa casa a vitória na guerra que está por vir, pois um Lannister sempre paga suas dívidas, e eles ouvirão nosso rugido do outro lado do Mar Estreito se for necessário, estejam a postos para partir assim que o Julgamento terminar, com ou sem mim!

Quando Lionel termina os Soldados sorriem e erguem suas espadas em sinal de respeito, Lionel sorri e ergue sua cabeça Posso não saber lutar muito bem, mas eles sabem, qualquer um que se meter em nossos caminhos irá conhecer nossa ira

Lionel e Sor Melion vão rumo ao local do Julgamento, chegando lá notam uma tenda na arena improvisada, Lionel observa que Maegelle está sentada do lado direito, então presume que a pequena tenda que se encontra deste lado do campo seja para o Campeão da Princesa

Lionel e Sor Melion dirigem-se para a pequena tenda, lá Lionel entrega seu escudo para Sor Melion, vai até o centro a arena mediana, ajoelha-se e volta seu olhar para a Rainha Vaella -Vossa Graça, venho informar que me candidato a Campeão da Princesa Maegelle, se me permite a pergunta, quem é o Campeão do Príncipe Valerion?

Assim que termina sua pergunta Lionel ouve paços seguidos de sons metálicos, então volta seu olhar para a direção onde se origina este barulho, assim que Lionel vê seu adversário não acredita em seus olhos Não pode ser, estou fodido, não, não posso perder as esperanças, eu verei minha família novamente







HP: 550/550
ST: 500/500
avatar
Lyman Lannister
Casa Lannister
Casa Lannister

Casa : Lannister
Local de Nascimento : Rochedo Casterly
Masculino

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Julgamento Por Combate

Mensagem por Ormund Baratheon em 26.09.17 19:34


A noite estava quente, passei grande parte da mesma vagando pela estalagem, refletindo sobre o futuro. Representar um Rei seria uma grande honra para minha família, mas uma burrisse se ocasiona-se em minha morte. Aos vinte e quatro anos de idade, ainda não havia me casado e provido herdeiros em meu nome, minha linhagem acabara ali, e meu irmão teria de assumir o fardo de carregar a família Baratheon, sozinho. Seria essa uma decisão sábia? Senti faltada de Jon, por mais indistinto que fosse, era sábio como nenhum outro.

Estava tão quente que podia sentir o veludo colar em meu corpo, que transpirava, tanto por nervosismo, quanto pelo clima nada agradável daquela cidade. Era como se a presença dos Dragões, que pareciam estar tão próximos, tornasse o lugar um inferno, ou seria só eu a sentir tamanho desconforto? Joguei um pouco de água gelada sobre o rosto, deixando respingar sobre o corpo também, precisava dormir.

Na manhã seguinte, era cedo, muito cedo. Princípe Valerion estava ciente da minha representação em seu nome, em combate, e pareceu estar confiante. Os homens da Tempestade são famosos pela sua bravura e, a bravura vem do sangue. Haviam homens preparados para me escoltar, e dois escudeiros para me armar. Não sabia quem seria o adversário, seja ele um cavaleiro, Guarda Real, seja quem for, enfrentaria toda fúria Baratheon.

Minha armadura estava limpa e relusente, estampava o Cervo Negro no linho amarelho que a envolvia pelo tronco. O elmo de chifres, famosa marca Baratheon, uma herança de Orys Uma Mão, a todos seus descendentes. Um de meus escudeiros carregava Olho Negro, outro o Elmo de Corno. Dois homens de minha confiança também seguiam-me, até a Arena. Era uma caminhada lenta, cheia de olhares, sorridos e rostos nada amigáveis.

Fiz uma leve reverência, correspondida com um sorriso aos Senhores Targaryen e sua Guarda Real, eles estavam realmente divididos, não somente nessa disputa, mas provavelmente para toda a vida. Para minha surpresa, do outro lado encontrava-se Lorde Lannister, trajado para batalha, de certo não pude julgar o mais surpreso adversário, eu ou ele. Minha confiança se transformou em dúvida, essa disputa não era somente sobre os Targaryen, agora seria uma disputa entre as duas maiores casas de Westeros.

Pude notar meus aliados a distância, e meus homens preparados na borda do campo. Um os escudeiros me entregava a espada, e prendia o escudo em meu braço, o outro me prendera o Elmo firme. A multidão estava enaltecida, muitas vozes, gritos e murmuros eram ouvidos, desde apostas tolas a sentimentos gritantes. Estava chegando a hora.


- Nossa é a Fúria!

Spoiler:
- Estou a cinco metros de Lionel Lannister (como o memso não especificou sua posição de forma exata, vou considerar metros dele, e que estou já no centro da "Arena";
- Minha espada se encontra na mão esquerda e o escudo na mão direita (sou ambi-destro).

HP: 650/650
ST: 600/600

_________________


Spoiler:
avatar
Ormund Baratheon
Lorde Baratheon
Lorde Baratheon

Casa : Baratheon
Local de Nascimento : Ponta Tempestade
Masculino

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Julgamento Por Combate

Mensagem por NPC em 26.09.17 19:36

- Após todas apresentações, Rainha Regente Vaella declara inicio do Julgamento Por Combate.
Obs:
Post's fora dos Campeões estão proibidos até o fim da luta, onde voltarão as livres postagens.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Julgamento Por Combate

Mensagem por Lyman Lannister em 26.09.17 20:12

Lionel


Após o pior ter sido constatado por seus olhos, Lionel levanta-se, Sor Melion lhe trás seu escudo e lhe deseja boa sorte Que os Deuses me protejam

Lionel segura sua espada em sua mão direita e seu escudo em seu antebraço esquerdo, volta seu olhar para Lorde Baratheon -Que os Deuses sejam bons conosco Lionel expressa simpatia por Lorde Baratheon, apesar de tudo, não era culpa dele, mas sim da criação que teve

Após isso Lionel se põe em posição de defesa, colocando seu escudo a frente de seu corpo Meu pai sempre me disse que devemos priorizar a defesa, pois não se pode atacar, se estiver morto

Lionel analisa bem seu adversário antes de atacar, procurando um ponto fraco, mas ainda é muito cedo para achá-lo Se tentar cravar minha espada agora, talvez ganhe, mas ele parece ser bem experiente, sem contar da fama de selvagens que os Baratheon tem em batalha

O jovem Lorde Lannister sorri e fita seu oponente, olha rapidamente para Princesa Maegelle Se eu morrer, que ela pelo menos reconheça meu sacrifício e proteja minha família

Ele dá alguns passos para a esquerda, se projeta em direção a Lorde Baratheon, quando está prestes a se chocar com ele, projeta sua espada sem solta-la, fazendo um movimento de estocada, com o movimento o corpo de Lionel é virado para a esquerda, mas seu escudo continua protegendo seu peitoral










HP: 550/550
ST: 470/500
avatar
Lyman Lannister
Casa Lannister
Casa Lannister

Casa : Lannister
Local de Nascimento : Rochedo Casterly
Masculino

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Julgamento Por Combate

Mensagem por Ormund Baratheon em 26.09.17 20:27

Projetou um ataque rápido, veio em velocidade contra mim. Lannister parecia de certa forma imaturo, uma ofensiva um tanto simples, e de fácil repelência. Busquei dentro do seu movimento, abusar de minha velocidade para defender e contra-atacar. Loquei meu escudo para suspender sua espada, trocando um golpe firme na superficie da madeira, e suspendendo junto o armamento, causando impulso contra o adversário, visando desequilibra-lo e afastar sua espada.

A intenção era simples, assim como o ataque dele fora, desarma-lo e atacar. Após meu movimento de defesa, era hora de ofende-lo com minha espada, acabar com aquele Julgamento. Um golpe era desferido em direção a sua cabeça, cortando o vendo Olho Negro visava golpear entre o pescoço e o maxilar, com toda força possível, junto a fúria Baratheon.

Spoiler:
- Sua armadura não possuí elmo, como pude notar na Criação de Itens, logo, considerei que você não o estava usando;
- A intenção da defesa era usar o escudo para suspender sua espada que vinha na direção reta, e a força para empurrar você e ferir seu braço. O desequilibrio é justamente usado para dar noção e tempo ao golpe que viria em seguida, com minha espada Olho Negro, do lado esquerdo para o direito. Considere minha vantagem como crucial para esses movimentos (Velocidade);
- Após os golpes, irei me distanciar um metro e colocar o escudo de volta a frente, caso não haja nenhum tipo de impedimento vindo do próximo movimento do meu adversário (Lannister).


HP: 650/650
ST: 570/600

_________________


Spoiler:
avatar
Ormund Baratheon
Lorde Baratheon
Lorde Baratheon

Casa : Baratheon
Local de Nascimento : Ponta Tempestade
Masculino

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Julgamento Por Combate

Mensagem por Lyman Lannister em 27.09.17 10:37

Após o ultimo golpe de Lorde Baratheon Lionel perde o equilibrio, mas não o suficiente para cair, a espada de Lionel é atirada alguns metros longe dos dois ficando atrás de Lionel, num impulso involuntário, Lionel levanta seu escudo, de forma que proteja sua cabeça, pois, sem sua espada, sua única defesa é seu escudo, como resultado do impacto contra o escudo de Lorde Baratheon, o braço direito de Lionel está doendo e incomodando-o

Como temia, a espada de Lorde Baratheon bate contra o escudo de Lionel, da esquerda para direita Antes o escudo do que minha cabeça

Lionel abaixa cautelosamente o escudo para que possa ver seu oponente e nota que Lorde Baratheon afastou-se aproximadamente um metro O que é isso agora, provavelmente espera que eu o ataque novamente, provavelmente está querendo me cansar para a vitória ser mais rápida

Lionel olha rapidamente para sua espada, mas logo volta a olhar para Lorde Baratheon Se eu tentar pegá-la ele me acertará as costas, ou as pernas, é preferível que apenas me defenda até conseguir recupera-la

Ele continua parado, com o braço direito caído, com o escudo protegendo seu rosto do nariz para baixo, de forma que seus olhos ficassem livres, Lionel fixa seu olhar em Lorde Baratheon







HP: 550/550
ST: 440/500
avatar
Lyman Lannister
Casa Lannister
Casa Lannister

Casa : Lannister
Local de Nascimento : Rochedo Casterly
Masculino

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Julgamento Por Combate

Mensagem por Ormund Baratheon em 27.09.17 14:48

Apesar de parecer inexperiente, o jovem Lorde Lannister era um tanto corajoso, e determinado. Aquela altura já se podia notar a diferença dentre a força entre nós, mas não notei medo em seu olhar, ao me encarar de longe. Ele estava sem sua espada, e seria à hora perfeita para terminar aquela batalha se avançasse, dois movimentos rápidos e derrubaria o Leão. Mas não haveria honra em fazer isso, tanto para minha casa quanto para causa do Rei Valerion.



- Pegue sua espada, Lannister. Não me agrada matar um homem desarmado. – Pronunciava enquanto posicionava meu escudo no chão, indicando que queria continuar aquela luta sem ele. Espada contra Espada. Ele já estava machucado, e desarmado, porém não podia subestimá-lo, nem naquela circunstância.


HP: 650/650

ST: 540/600

_________________


Spoiler:
avatar
Ormund Baratheon
Lorde Baratheon
Lorde Baratheon

Casa : Baratheon
Local de Nascimento : Ponta Tempestade
Masculino

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Julgamento Por Combate

Mensagem por Lyman Lannister em 27.09.17 17:24

Lionel estava intrigado Lorde Baratheon, então realmente é um homem de honra, vim aqui crente que era um brutamontes desalmado, assim como contam todas as lendas sobre os homens de sua casa

o Jovem Lorde Lannister anda cautelosamente para trás, sem desviar seu olhar de Lorde Baratheon, quando sente que pisou na espada

Lionel desvia o pé que havia pisado na espada, abaixa-se sem desviar o olhar de seu oponente, procura a espada com a mão direita, quando a sente, segura seu cabo e põe o escudo no chão e o empurra de modo que fique a dois metros de distancia literalmente a ele

Lorde Lannister então segura o cabo de sua espada com ambas as mãos, juntas, pois quase não aguentava de dor, devido ao seu golpe contra o escudo de Lorde Baratheon, com a mão direita a frente da esquerda Merda, isto pode retardar meus movimentos, mas não posso desistir, por Lanna, pelos meus filhos e por William

Lionel se posiciona para estar pronto caso Lorde Baratheon tente algo, com a ponta da espada direcionada diagonalmente para cima, os Lordes estão agora com três metros de distancia entre eles Não posso baixar a guarda, qualquer golpe pode ser fatal, principalmente agora que estou sem meu escudo

Lionel reveza seu foco, entre a espada de Lorde Baratheon e seu rosto








HP: 550/550
ST: 410/500
avatar
Lyman Lannister
Casa Lannister
Casa Lannister

Casa : Lannister
Local de Nascimento : Rochedo Casterly
Masculino

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Julgamento Por Combate

Mensagem por Ormund Baratheon em 27.09.17 18:58

O Lannister caminhava desconfiado, mas fora honroso o suficiente em largar seu escudo e aceitar meu desafio. Ele não atacava, apenas observava, talvez fosse o grande erro dele naquela luta. Me deu a dianteira, e estava ferido, realmente era inexperiente o garoto. De certa forma, eu me sensibilizava, era jovem, mas tinha família e filhos rescém-nascidos. Ele sacrificou mais do que eu, nessa batalha, vencendo ou perdendo, tinha honra o suficiente para ser admirado.

Corri em sua direção, com toda Fúria Baratheon, pois como meu pai dizia, a forma de honrar um guerreiro é lutar até o fim, dando tudo de si. Ergui meu pé, com a intenção de solar seu joelho, queria acabar com aquela luta o mais rápido possível, extender seria fraqueza da minha parte. Enquanto desferia o chute, também guiava minha lâmina da esquerda pra direita, com a intenção de golpeá-lo no pescoço, novamente, um ataque de dois lados, usando da sua ferida em minha vantagem.

Spoiler:
- A intenção é atacar seu joelho esquerdo, e do seu lado direito, golpeá-lo com minha espada. Considere minha velocidade, e também que estou em perfeita saúde. O chute nada mais é do que uma solada, com a intenção de quebrar sua perna, se possível. Caso defenda-se da perna, ficará vulnerável do lado direito, onde ataco-lhe com minha espada Olho Negro.


HP: 650/650

ST: 510/600

_________________


Spoiler:
avatar
Ormund Baratheon
Lorde Baratheon
Lorde Baratheon

Casa : Baratheon
Local de Nascimento : Ponta Tempestade
Masculino

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Julgamento Por Combate

Mensagem por Lyman Lannister em 27.09.17 19:28

Lionel tenta agir o mais rápido que pode, protegendo sua perna, consegue, mas quando volta seu olhar para Lorde Baratheon novamente é tarde de mais para agir novamente

Quando percebe já está com um corte no lado direito do pescoço, feito pela lâmina de Lorde Baratheon Não pode ser

Lionel larga a espada, tapa o corte com ambas mãos, cambaleia e cai de joelhos

Ele olha para Sor Melion, sorri com sangue saindo pela boca, pois grande parte de si sabia que não sobreviveria para ver sua família novamente, afinal, sempre foi melhor Senhor do que Soldado

Sor Melion, meu fiel Guarda, sempre terá um lugar a mesa dos Lannister, Lanna, me perdoe, me perdoe por deixá-la sozinha neste mundo, mas agora você tem William, ele cuidará bem de você

Lionel volta seu olhar para Lorde Baratheon, tosse e cospe um pouco de sangue








HP: 550/550
ST: 380/500
avatar
Lyman Lannister
Casa Lannister
Casa Lannister

Casa : Lannister
Local de Nascimento : Rochedo Casterly
Masculino

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Julgamento Por Combate

Mensagem por Ormund Baratheon em 27.09.17 19:55

Como abater um adversário em batalha, a sensação era satisfatória, mas tinha algo diferente. Lionel Lannister não lutava por ele mesmo, e sim pelo que acreditava, tanto que ignorou o fato de ser fraco para estar ali, mas sua honra falou mais alto. Meu pai sempre dizia para não confiar em Lannister's, mas não havia conhecido ou lutado contra esse Lannister jogado no chão, próximo a mim. A sensação era de perder um aliado, um companheiro, diferente de todo o resto que havia passado até ali. Me abaixei enquanto tirava o Elmo, com a espada quase fincava no chão, mantia a mão sobre o seu cabo e um joelho me deixava próximo do Lorde.

- Me perdoe, Lorde Lannister. - Minha honra entrou em conflito com a dele, mas de uma forma estranha, não se feriram, apenas se aceitaram.
HP: 650/650
ST: 490/600

_________________


Spoiler:
avatar
Ormund Baratheon
Lorde Baratheon
Lorde Baratheon

Casa : Baratheon
Local de Nascimento : Ponta Tempestade
Masculino

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Julgamento Por Combate

Mensagem por Lyman Lannister em 27.09.17 21:31

Trilha Sonora da cena:

Lionel já podia sentir a vida lhe deixando, pouco a pouco perdia suas forças, está deitado no chão, Lionel volta seu olhar para Lorde Baratheon Então esta é a sensação, é assim que nos sentimos quando estamos prestes a morrer

Ele se espanta ao ver que Lorde Baratheon não está se preparando para dar o golpe final, mas sim tirar seu elmo e se ajoelhar perto de Lionel -Me perdoe, Lorde Lannister Estas foram suas palavras, o que mais lhe deixou espantado

Lionel segura o braço esquerdo de Lorde Baratheon -Por favor, Lorde Baratheon, você tem que devolver meu corpo para o Rochedo Casterly, para minha família Lágrimas surgem nos olhos de Lionel -Diga a William, para que faça as pazes com Lyman e o traga de volta ao Rochedo, onde é a sua casa.

É então que Lionel começa a lembrar-se de como havia sido sua vida

Era uma noite de tempestade no Rochedo, o mar do Poente estava agitado, Lionel, William e Lyman estão em seu quarto, Lyman estava chorando totalmente amedrontado -É só uma tempestade seu bobalhão William caçoa de seu irmão -Não fale assim com ele William, ele é só uma criança Lionel estava abraçado a Lyman tentando acalmá-lo -está tudo bem Lyman, é só uma tempestade, vai passar Lyman, ainda chorando, aperta o abraço que dava Lionel

Lionel acaricia o cabelo dourado de Lyman -Shh,está tudo bem querido, tudo vai ficar bem Após a morte da mãe a quatro anos, Lionel, apesar de ser um garoto de dez anos, tinha se tornado a figura materna de seus irmãos -Quer que eu conte uma história para você, Lyman?

Lyman balança a cabeça dizendo que sim -Tudo bem, vamos lá, a muito tempo atrás, em uma noite como esta, três filhotes de leão estavam perdidos em uma floresta, chamavam por sua mãe, mas a mãe já não estava mais lá com eles, chamavam por seu pai, mas o mesmo tinha saído para caçar, o filhote mais novo estava com muito medo, mas seu irmão, o filhote mais velho estava ao seu lado, protegendo-o e cuidando para que não se perdesse Lágrimas vem aos olhos de Lionel, mas o mesmo as segura para não amedrontar ainda mais seu irmão

William se ajoelha junto aos dois e começa a ouvir atentamente o resto da história, Lionel respira fundo -Então o filhote do meio, que era mais rápido, corria pela floresta buscando ajuda, era o mais destemido, foi então que seu pai retornou da caçada e os três foram felizes para sempre. Lyman se acalma e Lionel sorri -Está melhor, leãozinho? Lionel pergunta a seu irmão -estou sim Lonel Lyman não conseguia pronunciar seu nome direito, não conseguia pronunciar o nome de ninguém direito

Lionel olha fundo nos olhos de Lyman -Pois saiba que, não importa o que acontecer, eu sempre estarei ao seu lado, sempre pode confiar em mim, nunca lhe deixarei sozinho Lionel toca levemente a ponta do nariz de Lyman e volta seu olhar para William -Nunca abandonarei nenhum dos dois Lionel sorri

Lionel estava quase sem vida, ainda segura forte o braço de Lorde Baratheon, a este ponto não consegue mais segurar as lágrimas -Diga a Lanna que eu a amo e quero que seja feliz, e que ela me perdoe por abandoná-la tão cedo

Era mais um dia ensolarado no Rochedo, mas, os serviçais andavam apressados de um lado para o outro, Lionel, William e Lyman andavam pelos corredores da fortaleza -Ué, o que será que está acontecendo, nosso pai vai receber algum Lorde? Lionel pergunta a seus irmãos, mas nenhum sabia o que acontecia, é quando seu pai vai ao encontro dos três -Aí vocês estão meninos, procurei vocês em toda a fortaleza, vão se arrumar, receberemos o Lorde Lefford e sua família.

-E o que ele vem fazer aqui, se me permite a pergunta paiLionel não entendia o porque da visita de surpresa -É simples, meu filho, Lorde Lefford tem uma filha chamada Lanna, elá já aflorou, mas, para sua felicidade, sua mão ainda não foi prometida para nenhum herdeiro Lorde Lannister sorri

Lionel não entende muito de casamentos, mas sabe que são fortes maneiras de conseguir alianças ou reforçá-las, se esta era a vontade de seu pai, assim seria

Após a chegada de Lorde Lefford e sua família era a hora do banquete onde a proposta seria feita -Estou tão ansioso para ver minha futura esposa Lionel fala para William e Lyman, William dá gargalhadas -Aposto que ela é feia, e você terá que passar o resto de seus dias preso a uma mulher horrorosa Lionel dá uma cotovelada no braço direito de William

Assim que a jovem Lady Lanna Lefford adentra o Grande Salão e Lionel consegue vê-la, o mesmo abre um sorriso de orelha a orelha Ela é linda, ela é uma visão dos Sete céus juntos, sou o Lannister mais sortudo Havia sido Amor a primeira vista, Lionel estava certo de que seu pai havia feito a escolha certa

Lionel aproxima-se de Lanna e faz um breve cortejo -Boa noite Lady Lefford, ouvi dizer que seremos marido e mulher Lanna está com uma feição nada amigável em seu rosto -Ouvi, mas se me permite a sinceridade, acho que uma Dama deveria ter a liberdade de escolher seu marido

Foram seis longos meses, meses de surras, meses de grosserias, meses de humilhações, mas Lionel não desistiu por um só momento de conquistar Lanna, até que finalmente o conseguiu, provou seu amor por Lanna, na noite de núpcias Lanna explicou a Lionel que desde o banquete em Rochedo Casterly ela havia se apaixonado profundamente por ele, mas nunca demonstrou, pois não queria se machucar

Lionel cuspia muito sangue, o que o fazia engasgar-se Lionelle, Lynos, por favor, tentem me perdoar algum dia por abandoná-los assim, nunca se esqueçam o quanto amei vocês meus filhos

Lanna gritava muito, mas Lionel não soltava sua mão -É uma menina Meistre Freyon havia tirado o primeiro bebê de dentro de Lanna -Mais um está a caminho O velho Meistre entrega a recém-nascida para Septã Johanna, que vai lavar a bebê e estende suas mãos para pegar o próximo bebê -Só mais um pouco, força Lanna grita mais -Força meu amor, logo acabará Lionel não solta a mão de Lanna -É um menino, Rochedo Casterly tem seu Herdeiro.

Lanna está aos cuidados de Septã Johanna e Lionel está pulando de alegria -Eu sou pai, Eu sou pai! Lionel grita para que todos ouçam -Não posso acreditar, tenho filhos, tenho uma mulher, a mais bela dos Sete Reinos, o que mais um homem pode querer? Lionel sorri e corre para o Salão dos Heróis

Lionel respira com muita dificuldade -Lorde Baratheon, em outras circunstâncias poderíamos ter sido amigos, poderíamos aliar nossas casas Lionel sorri e engasga -Lutou muito bem, com certeza vai levar sua casa a Glória.

Sor Melion aproxima-se e se ajoelha -Senhor, o descanse, a Casa Lannister nunca teve um Lorde tão bom quanto o Senhor O soldado tenta mas não consegue conter suas lágrimas -Sou um homem de sorte por ter servido o senhor.

Lionel volta seu olhar para Sor Melion e tenta abrir um sorriso, que sai ensanguentado -Eu que tive sorte de ter um guarda tão leal, prometa-me uma coisa Melion consente com a cabeça -Certifique-se de que minha família seja feliz, certifique-se de que suas vidas seguirão, mesmo sem mim O Soldado segura mão de Lionel -Prometo.

Assim que Sor Melion termina de falar Lionel se engasga, tosse, cospe sangue, dá um último suspiro e morre sorrindo, Lionel está com os olhos abertos, voltados para o céu, como se estivessem encarando os Sete

Sor Melion Abaixa a cabeça, em prantos, encosta a mão de Lionel em sua testa








HP: 0/550
ST: 0/500
avatar
Lyman Lannister
Casa Lannister
Casa Lannister

Casa : Lannister
Local de Nascimento : Rochedo Casterly
Masculino

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Julgamento Por Combate

Mensagem por Ormund Baratheon em 27.09.17 22:03



Música para acompanhar a leitura:

Dor - O Fim de todos os contos

Os olhos explicam tudo que a voz não pode transmitir. Ao encarar a dor, a perda, ou a morte, os homens ficam em silêncio, não sobre suas palavras, mas sobre sua alma. Os olhos dizem por si, eles refletem tudo, e ao olhar em seus olhos, pude ver tudo. Pude ver as lembranças se esvairando, pude ver a dor desaparecendo, a angústia se formando e deformando, até não se tornar nada.

- Acabou Lionel. - De alguma forma, as lágrimas que escorriam apertavam meu coração. Não me sentia culpado pela morte, mas pela circunstância. Deuses e Reis, malditos devastadores de almas, de sentimentos e de amores. Até seus últimos instantes, seu amor era a chama mais viva em seus olhos, era o único semblante realmente digno. Não haviam mais nomes, famílias, casas, guerras, reis, deuses e a porra que for, só havia paz.


- Eu darei minha vida para mante-los seguros, juro por meu nome, e de todos que vieram antes de mim. Sua família irá velá-lo, garantirei isso pessoalmente. - Apertava sua mão, enquanto sentia a força se afastando cada vez mais, e mais.

Sor Melion se aproximava, enquanto Lannister suplicava pelos seus amores, o cavaleiro chorava. Não era de fato um Lorde ruim, nem tão perto seria. Pureza seu olhar representava, e amor. O fardo de ser um Lorde, de depender de um nome e lutar por uma causa, causa essa que sequer foi nossa escolha, nossa decisão, era nossa antes de ser "nós". Tudo era um grande vazio, mas ali, agora, nada importava. A vida deixou seus olhos, onde antes habitara, mas não deixou o amor, porque ele vive em todos que estiveram perto, e ali, agora, sem sentir sua força, vendo seu corpo sem vida, e seu olhar vazio... Eu entendi oque é a vida.


- Vai ficar tudo bem, eu lhe prometo, lhe prometo. - Sussurei.

HP: 650/650
ST: 490/600

_________________


Spoiler:
avatar
Ormund Baratheon
Lorde Baratheon
Lorde Baratheon

Casa : Baratheon
Local de Nascimento : Ponta Tempestade
Masculino

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Julgamento Por Combate

Mensagem por NPC em 27.09.17 22:10

Considerações Finais: Vaella saiu acompanhada de sua Guarda Real em direção a Fortaleza Vermelha - Maegelle acompanhada de Guardas irá para um local até então desconhecido - Valerion seguiu para Fortaleza Vermelha.

Conclusão do TPC: Eu havia junto do ADM construído duas saídas para a trama, duas histórias para cada um dos resultados desse Combate, em alguns dias será feito um outro tópico com a Coroação de Valerion e o inicio da segunda parte da Trama, que vamos chamar de "Dança dos Dragões" (não por querer copiar a Dança dos livros, mas sim, como uma homenagem). A partir de agora, a influência das casas na trama será de total relevância, porque trará novos caminhos para a mesma, o controle dela será compartilhado com vocês.

Todos os Personagens convidados para o Conselho Real/Julgamento Por Combate podem considerar-se liberados para irem embora, em breve um novo corvo chegará em cada Casa dando o seguimento da Trama a vocês. Qualquer conflito que possa acontecer entre personagens dentro e nos arredores das Terras da Coroa terão interferência do Exército Targaryen, para dar segurança aos Lordes para chegarem em suas respectivas terras em segurança.

Está liberado a ação dos outros Personagens (não precisará seguir uma ordem, todos podem postar independente da ordem de postagem da apresentação) que estavam assistindo, poderão narrar suas reações a cada parte da luta e pensamentos sobre o que virá agora. Considerem que é um post com muita possibilidade de Pontuar no RP, então boa sorte pessoal!

Ressalva importante: Chorei.

Até mais.

Voltar ao Topo Ir em baixo

O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem

Re: Julgamento Por Combate

Mensagem por Nymera Martell em 28.09.17 0:26

Não..., foi a única coisa que pensou, via o corpo do jovem Lannister sem vida no campo, viu toda a cena e seu coração se apertou Ele era apenas uma criança, um Lorde sim, mas... Ainda uma criança de verão..., sentiu pena, remorso, ela havia pensado em se oferecer pela Princesa, uma mulher lutando por outra, seria irônico, mas mesmo assim, fez uma prece a Mãe Roine e o Velho do Rio, rezou que sua alma seja levada até Os Campos de Verão, era como uma espécie de Céu, ou o Paraíso, um local onde ele possa ver seus antepassados e ficar em paz.

Viu a Rainha Vaella se retirar e sair com seus guardas, Tanto faz quem morreria hoje, se não for como eles querem não importa quem morra no campo de batalha..., pensou amargamente, mas seus pensamentos foram interrompidos com algo que chamou sua atenção, o toque de Aarthor em seu ombro, isso era uma alerta que era melhor saírem imediatamente, pois não sabiam como as coisas seriam, viu que os herdeiros já haviam sumido, então tratou de fazer o mesmo.

- Eu sugiro que nos retiremos agora Lady Stark - falou no ouvido da lady ao seu lado, viu a mesma assentir e retirar junto de si, andou a passos não tão apressadamente pois não queria ser surpreendida por nenhum guarda ou qualquer coisa que fosse, viu que a lady estava a seu encalço, quando parou em frente frente ao Portão do Dragão se virou para a mesma - Eu sugiro que chame seus homens e voltem o mais rápido para Winterfell, creio que esse será o início de uma guerra bem conturbada - olhava para mulher a sua frente, e se perguntou como ela aguentava o calor com aquela roupa.

Mandou Aarthor ver se os homens estavam todos no navio, não queria que falta-se ninguem, Mordred ficou lá com elas, olhando em volta vendo se não havia sido seguidos, voltou a propor levar a Lady até Porto Branco, o que foi rapidamente aceito pela dama.

- Ótimo, acompanhe-me milady, eu sugiro que chamo o resto da sua companhia, não queremos que ninguém seja deixado pra trás, certo? - as duas andaram até o navio, a ajudou a entrar, comunicou aos homens que era sua convidada e se alguém ousar tocar um fio de cabelo dela teria o pau cortado para que nunca mais ousem encostar em uma mulher - Sr.Smir - chamou seu intendente - Mudança de rota, vamos subir, até Porto Branco, vamos deixar Lady Stark em segurança em suas terras - o homem assentiu e se retirou, trovejando a ordem aos demais.

- Creio que nossa ``causa´´ esteja bem ameaçada agora, já que é Valerion que subirá no Trono de Ferro, precisa de preparar para o pior milady - disse ao deixa-la em sua cabine, pediu a Sarcha sua companheira mais fiel que lhe desse um de seus vestidos, pelo menos até chegarem no Norte, também pediu pra ela ir até o cozinheiro e pedir que prepare algo para ela e seus homens.

Não demorou e o resto da escolta da Lady Stark chegou, não estava em maior número, o que a surpreendeu, se perguntou se a lady guardava alguma espada entre suas vestes para ver um número daqueles, quando chegaram no deck os soldados Starks lançaram um olhar suspeito ao dorneses, uma coisa já a se esperar, já que ninguém gosta dos dorneses, Será que ninguém confia em nós ou gosta de nós por aqui?, bufou em discordância.

- Sua senhora está em minha cabine - falou da proa, estava apoiada na madeira que fazia a divisória da pro com o deck - Não se preocupe, não mordemos ou algo parecido, logo terão comida e vinho, como gesto de boa vontade - seus cabelos presos em um coque solto davam uma boa visão de seu rosto - Arsh - chamou um dos gêmeos Amor, tinham esse apelido pois sempre se engraçavam com as mulheres dos porto e sempre conseguiam todas - Leve o líder deles aos meus aposentos para falar com sua lady - falava em alto valíriano, estava tão acostumada a comandar nessa língua que já se tornou padrão - Para o Norte, Senhor Smir! - gritou a intendente que já estava no leme.

- Sim Senhora Nym! - respondeu o homenzinho.

Espero estar fazendo a coisa certa, espero que esteja tudo bem em casa, espero que meu pesadêlo seja somente um sonho e não uma profecia, se não as areias de Dorne sangrarão como o Sangueverde..


ST: 500/500
HP: 550/550
avatar
Nymera Martell
Principe Martell
Principe Martell

Casa : Martell
Local de Nascimento : Lançassolar
Feminino

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Julgamento Por Combate

Mensagem por Noah Arryn em 28.09.17 14:01

Assistir a cada golpe dado pelos lordes naquele julgamento foi mais interessante do que esperava . Mas o resultado já era esperado , considerando que um era apenas um menino de verão que mal sabia lutar , o outro era um guerreiro experiente .
Ambos eram honrosos e deram um grande espetáculo , não esperava ver ninguém morrer , mas lhe fugiu da cabeça que estavam em Porto Real , esse lugar de fato é uma doença .
Noah levantou-se da cadeira observando a Rainha se retirar junto com a guarda real . Não tinha mais nada a fazer em Porto Real , dirigiu-se a saída fitando seus olhos nas ladys Martell e Stark .

-"Elas estão fugindo ? Não importa , com certeza é o melhor a se fazer agora " - Continuou andando com curtos passos até chegar em Lorde Tyrell , estendeu a mão pro mesmo o cumprimentando deixando um papel em sua mão enquanto estavam juntas . - Foi um prazer conhece-lo lorde da casa Tyrell .

Um pequeno sorriso de canto enquanto soltava a mão do mesmo , Noah sente alguém segurar seu ombro esquerdo , virou-se na direção dessa pessoa , era seu guarda costa Meibar.

-Majestade , temos que voltar ao Ninho , tenho péssimas noticias . - O sorriso de Noah some assim que ouviu Meibar .

-Certo , vamos sair daqui .

ST: 500/500
HP: 550/550
avatar
Noah Arryn
Lorde Arryn
Lorde Arryn

Casa : Arryn
Local de Nascimento : Vale de Arryn
Masculino

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Julgamento Por Combate

Mensagem por Devon Tyrell em 28.09.17 17:17

Olho para o corpo do Lannister por um tempo após o combate rápido, porém intenso. Mais uma prova do que eu pensava, Lannister. Escolhas ingênuas e precipitadas podem ser letais. É uma pena que tenha que ter aprendido isso dessa forma, mas os Sete sabem ser impiedosos em certas ocasiões. Então escuto a voz desafinada de Lumen cantando baixo atrás de mim.

-O cervo e o leão... um contra o outro lutarão...

Deuses...justo quando tinha me esquecido das terríveis cantorias da noite anterior. Viro e me preparo para sair, mas então vejo Lorde Arryn se aproximando e me cumprimentando. Aperto sua mão e lhe respondo.

- Igualmente, Lorde Arryn.

Sinto algo em minha mão e entendo que ele acabara de me passar algo. Fecho a mão assim que ele a solta para esconder o que parecia ser um pedaço de papel. Guardo-o discretamente em um bolso interno de minhas vestes e me dirijo até onde Lorde Tully estava.

- Um prazer vê-lo novamente, Lorde Tully. E a Lady também. – sorrio para ambos de forma simpática, mas não exagerada, pois o clima ainda estava tenso com a morte do jovem Lannister. – Sabe, estive pensando, nossas terras são próximas, e, após os eventos recentes, os Lordes devem se unir para garantir uma estabilidade ao reino. Se precisar de algo ou tiver algum interesse mais concreto, fale comigo e negociaremos. Que os Setes acompanhem vocês.

Após me despedir dos dois, mantendo uma expressão amigável, me retiro para dar-lhes espaço. Penso em falar com Lorde Baratheon também, mas ao ver que ele já falava com Lady Blackwood e imaginando que também devia estar querendo um tempo para si após o combate, apenas me retiro do local. No entanto, paro no meio do caminho, após pedir para meus guarda-costas se certificarem de que não estávamos sendo observados, para ler o bilhete que Lorde Arryn me passara. Vejamos o que a águia quer...

HP: 550/550
ST: 500/500
avatar
Devon Tyrell

Casa : Tyrell
Local de Nascimento : Jardim de Cima
Masculino

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Julgamento Por Combate

Mensagem por Ormund Baratheon em 28.09.17 21:00

Após o combate, notei a partida rápida dos Targaryen, seja do vencedor ou perdedor, todos haviam desaparecido, sem sequer importar com o corpo do Lannister. Aquela vadia pretenciosa realmente não era digna de reinar, e com aquela atitude encontrara um inimigo eterno para lidar. Olhei para os lados, e poucos Lordes ali restavam, e iam saindo em silêncio um por um, sejam nobres ou soldados. Meus homens já haviam de ter aparecido, ordenei para que ajudassem os Lannister a transportar o corpo do jovem em segurança, e prepara-lo para viagem.

Peguei a Espada do Lannister, com a minha já embainhada. Me dirigi a escada lateral, que me levou a um túneo, estava desolado e ainda atordoado, só queria ir embora o mais breve possível. Foi quando ouvi uma voz ecoando, não sabia de fato se era comigo, ainda alto, mas então apontei meus olhos e vislumbrei sua presença, Lady Blackwood.


- A guerra é o grande fardo do homem, creio eu. - Respondi brevemente a jovem, enquanto abaixava a cabeça para ouvi-la. - Agradeço os elogios, M'lady, mas não há honra em matar um homem, é apenas uma consequência...

Então uma pergunta seguindo o teor desconhecido partira contra mim, era de fato a primeira vez que alguém me perguntava aquilo, e no momento certo; Havia questionado momentos antes, o medo. Os olhos do Leão refletiram medo, mas logo se calaram, e poder ver de perto todo aquele sentimento, me abraçou em devaneios sobre a razão disso.

- Meu pai dizia que homens inteligentes tem medo, porém a honra nos ensina a controla-los. - Suspirei, erguendo novamente a cabeça, e olhando diretamente nos olhos da mulher. - Eu tenho medo, medo de falhar. Muitas pessoas dependem de mim, do meu nome, da minha família e imagem. Tenho medo de decepciona-las.

HP: 650/650
ST: 490/600

_________________


Spoiler:
avatar
Ormund Baratheon
Lorde Baratheon
Lorde Baratheon

Casa : Baratheon
Local de Nascimento : Ponta Tempestade
Masculino

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Julgamento Por Combate

Mensagem por Elyon Stark em 29.09.17 16:30

#~ Enquanto saia apressadamente com a Senhora de Dorne, meus olhos ainda não eram crentes do que viram...

Eu não negaria que a ansiedade tomava conta de mim. a cada gesto dos Lordes, meu coração palpitava, apreensiva até que enfim o golpe certeiro atingiu o lorde do Rochedo. Aconteceu o que eu tanto temia.
Eu não possuía vínculos nem mesmo o conhecia... confesso que me doeu profundamente presenciar aquela cena tão trágica.

Meus pensamentos foram interrompidos quando estavamos a nos aproximar do Navio Dornes. Um de meus homens já havia sido ordenado a retornar os restantes dos soldados Stark, da qual não muito tempo depois, os avistei na direção da Embarcação. Gentileza extrema de Lady Martell e sua hospitalidade, que não poderiam ser deixados passar em branco.

- Lady Nymeria Caminhei em sua direção.
Quero primeiramente agradecer a escolta. O norte se lembrará de Dorne. - A Sorri cúmplice.

Fitei o Mar do Leste como que num deslumbre. pela primeira vez me senti livre, para respirar, tomar decisões e acima de tudo, investir em minha própria visão. Aquela primeira viagem me abrira os olhos.

De um Norte antes adormecido, o Uivo de um único lobo será Temido.
A casa Stark vive.


HP: 600/600
ST: 550/550
avatar
Elyon Stark
Lorde Stark
Lorde Stark

Casa : Stark
Local de Nascimento : Winterfell
Feminino

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem

Re: Julgamento Por Combate

Mensagem por Ormund Baratheon em 29.09.17 20:21

Lady Blackwood me intrigava desde o começo, desde o primeiro momento, eu não entendia oque era aquilo, ou oque representava, mas... Me sentia melhor, me sentia diferente desde que à vi pela primeira vez. Assustador. Os olhos dela que antes apresentavam um certo desprezo, mudaram, eram como campos verdes brilhantes, refletindo compaixão de uma forma pura e suave.

- Espero vê-la novamente. - Disse baixo o suficiente, para que não escuta-se, enquanto se afastava.

- Lorde Ormund, meu senhor, temos de começar a preparar a partida a Ponta Tempestade. - Dois soldados me alcançaram ali, a vida continuava e as responsabilidades acompanhavam. Minha parte em Porto Real estava feita, demonstrei minha posição e firmei com convicção, apesar de sentir certo arrependimento, aquela altura.

- Vamos. - Parti junto aos soldados, para preparação e viagem de volta a Ponta Tempestade.
HP: 650/650
ST: 490/600

_________________


Spoiler:
avatar
Ormund Baratheon
Lorde Baratheon
Lorde Baratheon

Casa : Baratheon
Local de Nascimento : Ponta Tempestade
Masculino

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Julgamento Por Combate

Mensagem por R'hllor em 02.10.17 19:57

Tópico Fechado, os personagens que ainda não postaram saída podem considerá-la.
avatar
R'hllor
Deus Vermelho
Deus Vermelho

Masculino

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Julgamento Por Combate

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum