Novos Rumos dos Ventos

Ir em baixo

Novos Rumos dos Ventos

Mensagem por Quellon Greyjoy em 06.10.17 0:12



Quellon Greyjoy

Decorreram algumas semanas desde o fim da Rebelião Blacktyde. A Casa Blacktyde havia sido extinta. Havíamos vencido. As coisas começaram a voltar ao normal em Pyke. A reconstrução das muralhas estavam quase sendo terminadas. O mais importante era o respeito da Assembleia de Homens Livres, o meu governo estava em paz, acredito que meu pai teria orgulho de mim.

Pelo ótimo serviço prestado, nomeei Germund Tawney como comante da guarda de Pyke. Germund ficou extremamente honrado. Ele havia se mostrado competente capturando os navios Blacktyde junto a Harren Greyjoy, meu sobrinho. Para ele seria uma honra substituir Rodrick Goodbrother, meu amigo, morto na Batalha de Pyke.

No lugar de Germund Tawney em minha guarda pessoal, convoquei Robert Sharp, um homem de meia idade, robusto e experiente, ele havia acertado uma flechada no cavalo de Joron Blacktyde o derrubando. Era de fato um homem habilidoso, contudo, silencioso. Ele possuía um cavanhaque grisalho.

Eu estava no Salão Principal do Forte Sangrento. Era manhã, os céus estavam cinzas em Pyke, o clima estava incrivelmente ameno. Caminhava de um lado para o outro. Estava preocupado com meus próximos passos. O Salão Principal era o salão maior parte da Fortaleza, o espaço era em formato de círculo, onde havia seis colunas negras com o símbolo de minha casa, no meio do salão havia o grande Kraken, símbolo de nossa casa, as paredes possuíam as cores negras e amarelas, não havia nada de ouro, apenas ferro, no fundo do salão estava a Cadeira de Pedra do Mar, onde se assentaram grandes reis, como o Rei Cinzento, o maior rei de todos, viveu na Era dos Heróis, nós Greyjoys acreditávamos que éramos descendentes dele. A porta do salão se abriu, por ela entrou Harren Greyjoy.

“Pelo visto ainda pensativo” - Harren não era do tipo que vazia rodeios - “… Todas as casas nos apoiam agora, não há com que se preocupar, afinal, ótima escolha em colocar Germund como comandante, ainda acho que eu seria muito melhor.” - assim que disse soltou uma risada fria

“Você é mais útil perto de mim… Conheço você Harren, sua lealdade ainda é duvidosa” - estávamos no centro do salão.

“… Para um homem que semanas atrás extinguiu os Blacktyde, está muito confiante”
- assim que disse soltou outra risada fria. Ele sim sabia como me irritar - “Você não é muito diferente do Quellon que ví em Asshai, assasino” - sua expressão suavizou de repente - “Enfim, acredito que queira falar comigo”

“Sim, vim anunciar que haverá um casamento em Pyke. E você será o noivo.” - disse ao garoto

“Eu não quero me casar…” - Harren havia ficado surpreso, mas não triste - “Quem seria e moça?!”

“Osha Blacktyde, filha de Joron, tenho medo que a linhagem caia em mãos erradas.”
- confessei para Harren - “Seria melhor maneira que ocorra uma Rebelião Blacktyde novamente.”

“A filha de um traidor? Não haveria mais desonra do que isso…” - disse Harren

“Não preciso de sua honra. Preciso de sua virilidade. Posso contar com você?”
- olhando em seus olhos - “Não se preocupe, faremos uma viagem primeiro, terá tempo para conversar…”

“Para onde iremos, Tio Q?
” - Harren já conformado. Abrilhantava um belo sorriso.

“Pretendo ir para as Terras das Campinas” -
disse ávido - “Pretendo encontrar-me com Lorde Wilson Tyrell. Ele possuí algo que desejo” - tornei-me a olhar para Harren - “E precisamos conhecer os outros Senhores das Grandes Casas de Westero… não podemos deixar que esqueçam que a Casa Greyjoy ainda governa um grande reino, devemos ser fortes”

Ambos cerramos os punhos e colocamos nossas mãos em nosso lado esquerdo do peito e dissemos O QUE ESTA MORTO NÃO PODE MORRER .

“Certo, Tio Quellon, irei contigo… Mas não prometo me casar com a Blacktyde…”


“… Já está feito, a garota chegará em breve. Ela aceitou de bom grado, tem sorte que eu não tenha a matado… Não tocarei mais nesse assunto, está dispensado Harren… organize suas coisas…”


Harren saiu rapidamente do salão. Eu sabia que ele detestaria a ideia, mas tinha receio que deixar que a garota Blacktyde se juntasse a outra casa e  formar nova rebelião.

Enquanto eu estivesse fora, deixaria Sor Dagon Harlaw; meu castelão, Meister Richard e Germund Tawney no comando das ilhas em minha ausência. E levaria comigo Robert Sharp, Urrun Tawney, Harren Greyjoy e alguns soldados e servos para me acompanharem na viagem. De certo seria uma longa viagem.

HP: 550//550
ST: 500/500
________________________
avatar
Quellon Greyjoy
Lorde Greyjoy
Lorde Greyjoy

Casa : Greyjoy
Local de Nascimento : Pyke, Ilhas de Ferro
Masculino

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum